Mãe de Selena Gomez diz não estar feliz com a volta de ‘Jelena’

(Getty Images)

Após inúmeras fotos do casal serem divulgadas na internet, Selena e Justin assumiram que haviam reatado e a internet se dividiu entre muitas opiniões. Em entrevista ao Gossip Cop, Mandy Teefey, mãe da cantora Selena Gomez revelou não aprovar a ideia do namoro de Selena com o cantor Justin Bieber, .

Apesar da afirmação, Mandy disse que “Selena pode viver da forma que ela quiser desde que esteja feliz, segura e saudável. Ela tem 25 anos e sabe o que está em jogo em relação à sua saúde. Eu não a controlo do jeito que dizem”. Mandy também garantiu que não falou nem trocou mensagens de texto com o cantor por anos, nem mesmo quando a filha se submeteu ao transplante de rim.

Ela ainda negou que os desentendimentos com Selena tenham aumentando quando ela e o marido deixaram de cuidar da carreira da cantora no ano de 2014. “Toda mãe e filha têm divergências. Nós nunca esperamos gerenciar sua carreira a vida inteira. Perdemos tempo em família, pois nos únicos momentos em que a víamos, falávamos de negócios. Não era mais divertido para nenhum de nós, como era quando ela era pequena e precisávamos estar juntos porque ela era menor de idade”, declarou ela.

Agora a relação entre mãe e filha parece estar mais tranquila, ambas estão trabalhando na produção da séria ““13 Reasons Why”.

Billboard Women in Music 2017 e a importância do empoderamento feminino.

 

Billboard Women in Music é um evento anual da Billboard, que honra mulheres da indústria da música que fizeram contribuições significantes e inspiram gerações de mulheres.

A edição de 2017 contou com a presença de Camila Cabello, Mary J Blige, Kelly Clarkson, Kehlani, Solange, Grace VanderWaal, Selena Gomez e a Executiva Chefe de Operações da Atlantic Records Julie Greenwald. Ao receber seus prêmios todas enfatizaram como o ano foi importante para mulheres na indústria da música.

Continuar lendo

Selena Gomez é homenageada e fala sobre a gravidade do lúpus

Selena Gomez se apresentou pela primeira vez, desde seu transplante de rim, no American Music Awards no domingo (19), logo após a premiação a cantora viajou para Nova York, onde foi homenageada e discursou no baile de gala Lupus Research Alliance, evento criado para angariar fundos para pesquisas da doença de Lúpus.

Selena compartilhou detalhes de seu transplante de rim, a doadora foi sua amiga de longa data Francia Raisa.

“Estou honrada por estar aqui com todos esta noite. Como muitos de vocês sabem, fui diagnosticada com lúpus há cerca de cinco ou seis anos. Eu tenho falado sobre minha situação para aumentar a conscientização sobre a doença. Após fazer diversos exames para monitorar meus rins, meus médicos… disseram que eu precisaria fazer um transplante de rim. Talvez eu não soubesse muito bem o que significava, então chegou a um ponto em que era vida ou morte”, disse Selena. “Felizmente, uma das minhas melhores amigas me deu seu rim e foi o melhor presente da vida.”

Selena tem laços fortes com a organização, que levanta fundos para tratamentos para lúpus enquanto trabalham para uma cura. Em 2016, ela doou parte dos lucros da Revival Tour para a organização, e encorajou seus fãs a doarem em uma postagem no instagram onde revelou que precisou do transplante.

Lúpus ainda não tem cura, é uma doença inflamatória crônica de origem autoimune, causada quando o sistema imunológico ataca seus próprios tecidos, células e órgãos, possivelmente atacando tudo, do coração e pulmão até – no caso de Selena – os rins. De acordo com a organização a estimativa é de que 16.000 americanos (principalmente mulheres) desenvolvem Lúpus todo ano. Pesquisas também apontam que a prevalência varia de 1 a cada 2 mil pessoas e 1 a cada 10 mil, não há estudos epidemiológicos feitos no Brasil, mas pesquisadores acreditam que a estimativa seja a mesma de outros países.

“Nem todos tem a sorte de ter um doador e algo tão monumental como um transplante de órgão não deveria ser a melhor opção de tratamento disponível”, disse Selena. “Eu estou apoiando o Lupus Research Alliance porque eles estão obtendo resultados, e é isso que dá esperança às pessoas.”

Selena continuou: “ Eu gostaria de ver um dias a jovens mulheres realizando seus sonhos de uma vida sem lúpus. Por isso estou comprometida com o Lupus Research Alliance. Para que nenhum de nós estejamos sozinhos, principalmente as mulheres com quem cresci e ouvi muitas histórias. Eu só quero agradecer e espero que possamos fazer algo para todos os jovens que precisam saber o que isso significa.”

 

Vem ouvir o novo single de Selena Gomez e Marshmello

WOLVES

Depois de muitos teasers e algumas prévias, o single “Wolves”, parceria de Selena Gomez com o Dj Marshmello, finalmente está entre nós. “Wolves” foi liberado nesta quarta-feira (25), e é o quarto single lançado por Selena esse ano.

Durante uma entrevista para Apple Music, Selena comentou sobre o single “Wolves” e como a música é uma das mais pessoais até agora. “A música é muito linda e pessoal, e a letra tem uma história própria. Estranhamente, ao mesmo tempo em que estava trabalhando nela no Japão, eu estava passando por algumas coisas, então refletiu tudo.”

Selena Gomez e Marshmello, em parceria com Spotify, criaram um “clipe” exclusivo para a plataforma de streaming. Chamado de “visualizer”, o clipe ficou disponível no Spotify antes mesmo de entrar no YouTube. Não é a primeira vez que um clipe de Selena é disponibilizado exclusivamente para o Spotify. Quando a cantora lançou “Bad Liar” foi a primeira artista a estrear a novidade da plataforma que, até aquele momento, era apenas de áudio.

Vem assistir o visualizer de Wolves: