Millennium: Os Homens Que Não Amavam as Mulheres terá uma continuação

Millennium: Os Homens Que Não Amavam as Mulheres (2011), foi a versão cinematográfica norte-americana de uma série de livros sueca muito popular. Este já tem adaptações cinematográficas de toda a série de livros em sua terra natal, enquanto a versão norte-americana só tinha uma e agora vai ganhar a sua continuação.

A Garota na Teia de Aranha, quarto livro da série, foi escrito por David Lagercrantz após o autor dos três primeiros livros da série, Stieg Larsson, falecer de um ataque cardíaco em 2004, infelizmente não a tempo de ver seus livros serem publicados e se tornarem um sucesso avassalador.

O filme tem direção de Fede Alvarez (O Homem nas Trevas) que também será responsável pelo roteiro em parceria com Steven Knight (Aliados) e Jay Basu (Metal Gear Solid). Segundo a Deadline, a sony já oficializou o lançamento do longa e as filmagens principais começaram em setembro.

“O filme não pode ser nada que não uma continuação, alguns livros foram pulados, então, nesse sentido, será um filme diferente. Tem uma nova personagem principal muito forte, e você se pergunta ‘Como fazer isso?’ É algo bem diferente.’, disse o roteirista Steven Knight disse ao site Collider. 

O elenco do filme será totalmente diferente, sem a presença de Daniel Craig da série 007, e Rooney Mara (Lion). A Variety, informou que Claes Bang (The Square), vencedor da Palma de Ouro no Festival de Cannes 2017, será o vilão principal do longa e Claire Foy (The Crown), fará o incrível papel da nossa queridíssima Lisbeth Salander, Sylvia Hoeks (Blade Runner 2049), poderá fazer o papel de Camilla, irmã mais nova de Lisbeth.

O longa Millennium: Os Homens Que Não Amavam as Mulheres, arrecadou US$230 milhões para um orçamento de US$90 milhões e recebeu 5 indicações ao Oscar, entre eles melhor atriz, melhor fotografia, melhor edição, melhor edição de som e melhor mixagem de som, levando apenas a melhor edição.

O filme tem previsão para 5 de outubro de 2018.

Gabryelle Bittner, 22 anos, formanda em Psicologia e viciada no mundo de filmes e séries. É uma das idealizadoras do projeto Ladie's Room.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.