Apresentação de Kesha no Grammy será dedicada às vítimas de assédio sexual

KESHA.jpg

No próximo domingo (28) acontecerá a 60ª cerimonia do Grammy, e um dos destaques será Kesha. A cantora, que lutou na justiça contra o produtor Dr. Luke, acusado de assédio sexual, conseguiu duas indicações: melhor performance pop solo e melhor vocal de álbum pop por “Rainbow”. Além disso, Kesha se apresentará na premiação com “Praying”, com a participação de Camila Cabello, Julia Michaels, Cyndi Lauper e Andra Dray, a performance será dedicada às vítimas de assédio sexual.

Ken Ehrlich, produtor do Grammy, comentou sobre a performance “Eu posso dizer que a performance da Kesha nos fará refletir sobre o que aconteceu com ela nos últimos quatro anos. ‘Praying’ é sobre isso e é isso que ela vai mostrar na performance. Nós faremos algo um pouco diferente. Acho que as pessoas perceberão que estamos apoiando ou permitindo que os artistas façam uma declaração. Será lindo, um momento muito emocionante”.

Assista ao clipe de “Praying”:

Thayssa Bittner, 23 anos, formanda em Tradução e Interpretação e viciada no mundo pop. É uma das idealizadoras do projeto Ladies' Room.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.